Automatização do YouTube: Guia definitivo em 2023 (passo-a-passo)

YouTube automation

Neste momento, o termo “automação do YouTube” já não deve ser novo para os teus ouvidos.

É a palavra de ordem que tem ecoado em todas as comunidades de criadores online nos últimos anos.

Já o viste a aparecer nos anúncios e ouviste as histórias de outros criadores sobre ele.

E todos eles parecem prometer a mesma coisa – uma revolução na criação de conteúdos.

Claro, para muitas pessoas tornou-se uma mina de ouro, gerando receitas enquanto dormem.

Para os outros? Um fracasso que te faz perder tempo.

Mas aqui tens uma novidade interessante:

Em 2023, o YouTube tornou-se a segunda maior plataforma de redes sociais do mundo, com mais de 2,5 mil milhões de utilizadores activos.

Só o Facebook tinha mais utilizadores activos do que o YouTube, com 2,9 mil milhões.

Automatização do YouTube

O número de utilizadores do YouTube em todo o mundo em comparação com outras plataformas (em milhões)

O que é que isto significa para o mundo da automatização do YouTube?

E, mais importante ainda, onde é que te encaixas neste cenário em evolução?

Vamos ver uma visão geral aqui e depois mergulha diretamente no assunto:

Bem-vindo ao teu guia definitivo sobre canais automatizados do YouTube, concebido para 2023 e mais além.

Vai dar-te tudo o que precisas de saber sobre como começar o teu próprio canal sem rosto, escolher o nicho perfeito, rentabilizar o teu canal, criar um negócio de automatização do YouTube e, claro, a pergunta que está na mente de todos:

Ainda podes ganhar dinheiro com a automatização do YouTube?

Ou será que os dias dourados já passaram?

O que é a automatização do YouTube?

Vamos revelar a resposta em breve (e talvez te surpreenda)…

Mas primeiro…

O que é a automatização do YouTube?

Simplificando, automatizar o teu canal refere-se ao processo de criação e gestão de um canal do YouTube de uma forma que requer um esforço manual contínuo mínimo.

Isto envolve a criação automatizada de conteúdos, a programação e até o envolvimento do público.

Imagina gerir um canal em que não estejas constantemente a trabalhar.

  • Não há filmagens diárias.
  • Não edita por hora.
  • Não usa maquilhagem.
  • Não corta o cabelo.
  • Nada de te envergonhares na câmara.

Em vez disso, é um canal que, uma vez criado, funciona praticamente sozinho.

É esse o objetivo da automatização do YouTube.

Estás interessado?

Pensei que fosses.

Antes de te mostrar exatamente como criar um canal rentável no YouTube, vamos ver como a automatização do YouTube tomou de assalto o mundo dos vídeos.

A ascensão dos canais automatizados do YouTube

À medida que o YouTube se tornou uma plataforma gigantesca com mais de mil milhões de utilizadores mensais com sessão iniciada, destacar-se tornou-se uma tarefa hercúlea.

Os criadores, na sua tentativa de acompanhar a procura incessante de conteúdos, começaram a recorrer à automatização.

Compilações de histórias animadas, streams de música lo-fi e canais de trivialidades, todos com conteúdos gerados pelo utilizador, subcontratados ou geridos por software.

Estes não são os vlogs ao estilo do Casey Neistat ou os desafios ao estilo do Mr. Beast que te vêm à cabeça quando pensas no YouTube.

Mas continua a ter um grande público…

Negócio de automatização do YouTube

Olha só para as visualizações destes vídeos sem rosto 👀

A história e a evolução da automatização do YouTube

Agora, a automatização do YouTube não é nova, mas os seus métodos evoluíram.

Inicialmente, tratava-se de programar publicações ou de utilizar ferramentas para otimizar as descrições e as etiquetas dos vídeos.

Mas agora, com os avanços tecnológicos, é possível criar vídeos inteiros – desde a narração até aos efeitos visuais – com um mínimo de intervenção humana.

Já em 2015, alguns canais começaram a fazer experiências com animações automáticas e compilações de vídeo simples e baseadas em software.

Ferramentas de IA como Synthesia, Elai, Opus Clip e DeepBrain estão a ajudar os YouTubers a criar e automatizar os seus conteúdos.

Hoje em dia, temos guiões orientados por IA e narrações de voz sintetizada a deixar a sua marca.

Canais de automatização do YouTube

Porque é que a automatização do YouTube é tão popular?

Há inúmeras razões para a automatização do YouTube ter disparado nos últimos anos.

E consegues adivinhar qual será a principal razão?

É isso mesmo – dinheiro.

As pessoas têm sido capazes de utilizar estes canais automatizados para gerar rendimentos online.

Estes podem ir de apenas $10-$100 por mês até $150.000 por mês… Dá uma vista de olhos às estatísticas do popular canal sem rosto – The Bright Side Official – abaixo.

Eles ganharam entre 10.000 e 157.000 dólares por 39 milhões de visualizações nos últimos 30 dias…

Automação do YouTube 2

Como? Ouço-te perguntar.

Receitas de anúncios.

Estes canais recebem rendimentos passivos porque fazem parte do Programa de Criadores do YouTube.

Isto significa que ganha uma parte das receitas de publicidade que o YouTube obtém dos seus espectadores.

Negócio de automatização do YouTube

Até o nosso próprio canal FreewaySocial ganha consistentemente cerca de $1.000 por mês com as receitas de anúncios

As receitas dos anúncios são a única forma de ganhar dinheiro com a automatização do YouTube?

Não!

Os canais podem obter rendimentos através de marketing de afiliados, dropshipping, patrocínios e muito mais (falaremos disso em breve).

Mas o dinheiro não é o único motor, claro, vejamos algumas outras razões.

  • Escala: Com a automatização, um único indivíduo ou uma pequena equipa pode gerir vários canais, multiplicando as fontes de rendimento.
  • Consistência: É muito mais fácil automatizar canais e garantir carregamentos consistentes quando não precisas de te gravar a ti próprio. Desta forma, podes apaziguar o algoritmo do YouTube de uma forma muito mais fácil.
  • Custos baixos: Após os investimentos iniciais, os custos de funcionamento podem ser muito inferiores aos dos canais tradicionais.

Automação do YouTube sem rosto: O que é?

O que significa “sem rosto”?

Quando dizemos “sem rosto”, estamos a referir-nos a canais do YouTube que não mostram o rosto ou a identidade do criador.

Em vez disso, recorre a animações, imagens de arquivo, locuções ou a uma combinação destes elementos para gerar conteúdos.

Exemplos de automatização do YouTube

O After Skool é um canal sem rosto extremamente popular, com mais de 2,9 milhões de inscritos.

Popularidade e razões que a justificam

Os canais do YouTube sem rosto estão a ganhar força, especialmente entre os criadores que são mais introvertidos ou tímidos em relação às câmaras.

Além disso, no vasto mar de canais orientados para a personalidade, os canais sem rosto destacam-se devido à sua abordagem única orientada para o conteúdo.

E como podes gerir vários canais sem rosto em nichos variados, é ainda mais atrativo.

Sem nunca revelar a sua identidade, um único criador pode gerir um:

  • Canal de música lo-fi
  • Canal de narração de histórias de terror,
  • Um canal de perguntas e respostas
  • MAIS muitos, muitos mais canais

Não te preocupes. Não te preocupes. Não te preocupes.

Tudo isto parece ótimo, não achas?

Dezenas de milhares de dólares por mês para publicar vídeos online.

a automatização do YouTube vale a pena?

E nem sequer tens de mostrar a cara?!

A automatização do YouTube é demasiado boa para ser verdade?

Ou será que há assim tantas vantagens em criar um canal de YouTube sem rosto?

Vamos analisar os benefícios em profundidade.

Vantagens da automatização do YouTube

1. Privacidade

Nem toda a gente se sente à vontade para se tornar o rosto de um canal.

Ao não teres rosto, podes manter um nível de privacidade pessoal que é difícil de obter na era digital.

É a solução perfeita para os tímidos em relação às câmaras ou para aqueles que receiam os efeitos secundários da fama na Internet.

2. Flexibilidade

Diz adeus às dores de cabeça de rebranding.

Queres passar de conteúdos de viagens para análises de tecnologia?

Com a automatização do YouTube, o teu público não vai pestanejar.

Muda as locuções, muda os temas ou altera toda a tua estratégia de conteúdo, tudo sem perturbar a sensação do canal.

3. Apelo alargado

Os canais centrados no conteúdo captam uma vasta audiência.

Não se trata de quem apresenta, mas do que está a ser apresentado.

Um canal de perguntas e respostas sem rosto pode ter fãs de Tóquio a Toronto, todos sintonizados pelo amor ao conhecimento.

4. Facilidade de produção

Acaba com o nervosismo da câmara.

Esquece as repetições intermináveis.

Com a automatização do YouTube, evita todo o processo de filmagem.

Não há maquilhadores, não há ajustes de luz.

Como fazer a automatização do YouTube

Apenas criação de conteúdo puro.

5. Escalabilidade

Gerir um canal é difícil.

Imagina cinco!

Com a automatização, aumentar o teu negócio no YouTube torna-se um sonho viável.

Podes gerir vários canais em diferentes nichos, multiplicando os fluxos de receitas.

6. Produção consistente

Manter um horário de carregamento consistente é a chave para o sucesso do YouTube.

A automatização garante que nunca perdes um espaço, com vídeos alinhados e prontos a serem lançados, tornando o algoritmo do YouTube no teu melhor amigo.

7. Redução das despesas gerais

como iniciar um canal de automatização no YouTube

Não precisas de equipamento sofisticado ou de alugar um estúdio.

Uma vez configurados, os canais automatizados podem funcionar por uma fração do custo das configurações tradicionais do YouTube.

Mais dinheiro no teu bolso!

Já ouviste o suficiente?

Queres saber qual é a melhor forma de começares o teu próprio canal automatizado no YouTube?

Pega num bloco de notas e numa caneta, porque estamos prestes a dar-te o processo exato, passo a passo.

Como iniciar um canal automatizado no YouTube a partir do zero

Ok, chegaste até aqui.

Presumo que estejas pronto para dar o salto e começar o teu próprio canal automatizado.

Vamos ensinar-te como fazer a automatização do YouTube, passo a passo.

Passo 1: Necessidades de equipamento e software

O computador

Antes de começares, precisas de um corcel de confiança – e esse é o teu computador.

Agora, não precisas de um supercomputador capaz de lançar foguetões, mas sim de algo robusto.

Especialmente se estiveres inclinado para a animação.

A nossa dica? Escolhe uma boa memória RAM (16 GB é ótimo) e um processador eficiente.

O microfone

Já alguma vez ouviste um áudio estaladiço num vídeo do YouTube?

Um pesadelo, não achas?

Sai do vídeo quase instantaneamente.

É por isso que investir num microfone com som nítido pode ser a diferença entre alguém ficar no teu vídeo ou clicar para sair.

A nossa dica? Os microfones de condensador USB são fáceis de utilizar e fantásticos para principiantes.

O software

Lembra-te, estás a mergulhar na automatização.

Pensa em software como o Vyond ou o InVideo como os teus fiéis assistentes, prontos a ajudar a criar o teu conteúdo.

Para locuções, não podes errar com o Audacity –é gratuito e surpreendentemente poderoso.

Etapa 2: Planeamento e estratégia

O calendário de conteúdos

Tal como planear uma viagem de carro, saber para onde vais no YouTube é muito importante.

Elabora um calendário de conteúdos, define os tópicos dos conteúdos e as datas de publicação.

Confia em mim, o teu futuro eu vai agradecer-te por isso.

A pesquisa de nicho

Podes ser apaixonado por um tema, mas será que é procurado?

A sério – alguém vai ver um vídeo sobre vacas a surfar?

Está bem, talvez o fizesse.

Mas, se o teu nicho é tricotar camisolas enquanto jogas Minecraft e bebes coca-cola zero, talvez queiras encontrar outra coisa.

Ou o teu canal nunca atingirá as alturas com que sonhas.

Uma pequena pesquisa pode ajudar a ajustar o teu foco ou até descobrir subtópicos que não tinhas considerado.

P.S – O TubeBuddy será o teu melhor amigo neste passo.

Ferramentas de automatização do YouTube

Ferramenta de pesquisa de palavras-chave TubeBuddy

A análise da concorrência

Não penses nos outros canais como concorrentes, mas como professores.

O que é que eles estão a fazer bem?

O que poderias fazer melhor?

Mergulha de cabeça e não tenhas medo de aprender!

Dica quente? OSocial Blade é, sem dúvida, a melhor ferramenta para pesquisares os teus concorrentes no YouTube.

Passo 3: Criação automatizada de conteúdos

Ferramentas de pesquisa de conteúdo

Começa por utilizar ferramentas como o BuzzSumo ou o Google Trends para identificar os temas em voga no teu nicho.

Escrita de guiões

Criar guiões envolventes é a espinha dorsal da automatização do YouTube. O teu principal objetivo deve ser dar prioridade a conteúdos que acrescentem valor aos teus espectadores. Como é que fazes isso?

  • Pesquisa: Começa com uma pesquisa minuciosa sobre um nicho específico. Compreende os pontos fracos do teu público e responde-lhes. O Answer the public é um excelente recurso para aprofundar o que o teu nicho procura.

Ideias para canais de automatização do YouTube

Responde ao público

  • Esboça: Estrutura o teu conteúdo. Um vídeo bem organizado mantém os espectadores agarrados e garante que consomem o conteúdo até ao fim.
  • Envolvimento: Adiciona elementos interactivos, coloca questões ou introduz mini-questionários no teu vídeo para aumentar o envolvimento dos espectadores.
  • Terceiriza ou automatiza: Utiliza geradores de guiões alimentados por IA ou contrata escritores freelance através de plataformas como a Upwork. Se optares pela IA, ferramentas como Jasper ou Writesonic podem ajudar a gerar conteúdos.

Voz-off

Se os teus vídeos exigirem narração por voz, considera plataformas de conversão de texto em voz, como o Descript ou o iSpeech. Em alternativa, contrata artistas de locução freelance em plataformas como a Voices.com.

Criação de vídeo

Ferramentas como o Adobe Premiere Pro, o Final Cut Pro ou alternativas gratuitas como o Shotcut ou o DaVinci Resolve são essenciais para juntar os efeitos visuais e sonoros.

como ganhar dinheiro com a automatização do YouTube

O Adobe Premiere Pro é um dos melhores softwares de edição de vídeo disponíveis

Se estás inclinado para conteúdos animados, um software como o Vyond ou o Toonly é um excelente começo.

Filmagens de stock

Sites como Pexels, Pixabay e Videvo oferecem imagens de arquivo gratuitas de alta qualidade. Isto pode ser um salva-vidas para aqueles que não podem criar imagens personalizadas.

Desenho de miniaturas

Utiliza plataformas de design gráfico como o Canva, que oferece modelos personalizáveis e designs gerados por IA.

Passo 4: Carregamento automático

Carrega os horários

O programador incorporado do YouTube permite que o conteúdo seja carregado com antecedência e depois publicado a horas específicas.

a automação do YouTube é legítima

Aprende a programar as tuas publicações para obteres o máximo alcance.

Automatiza as descrições

Mantém um modelo para as partes padrão da descrição do teu vídeo. Ferramentas como o TubeBuddy podem ajudar a preencher secções recorrentes da tua descrição para cada vídeo.

Passo 5: Otimização automatizada

Pesquisa de palavras-chave

Antes de fazeres o upload, utiliza plataformas como a KeywordTool.io ou a TubeBuddy para pesquisares as palavras-chave mais populares no teu nicho.

Meta-rotulagem

Podes preencher automaticamente as etiquetas utilizando a funcionalidade de etiquetas sugeridas do TubeBuddy. Isto garante que o teu vídeo chega ao público certo.

Automação do YouTube passo a passo

Títulos e descrições optimizados para SEO

Plataformas como o vidIQ fornecem informações sobre a otimização dos títulos e descrições dos teus vídeos para uma melhor capacidade de pesquisa.

Aumenta o envolvimento

Incentiva os gostos, as partilhas e os comentários integrando ecrãs finais automatizados e cartões interactivos nos teus vídeos. Isto pode ser definido como predefinição nas tuas definições do YouTube.

Por vezes, as pessoas compram visualizações no YouTube para ajudar a impulsionar os seus vídeos no algoritmo.

Análise de desempenho

Utiliza o painel de análise do YouTube ou integra-o com ferramentas como o SocialBlade para acompanhar automaticamente o desempenho do teu vídeo. Isto ajuda a ajustar a estratégia de conteúdos ao longo do tempo.

Etapa 6: Dicas de Growth Hacking

Envolve-te fora da plataforma

Imagina isto: Fazes o bolo mais delicioso (o teu vídeo), mas se ninguém o souber, quem é que o vai provar?

Partilhar em plataformas como o Reddit ou o Quora pode convidar pessoas para a tua festa.

Colabora

A comunidade do YouTube é vasta.

Trabalhar em equipa com outras pessoas pode ser uma situação vantajosa para ambas as partes, ajudando-te a explorar o seu público e vice-versa.

Mantém-te atualizado

O YouTube é um monstro em constante evolução.

Mantém-te atento ao que se passa e prepara-te para te adaptares. Canais como o Creator Insider são uma mais-valia para isso.

Automatização do YouTube: Delegar tarefas de criação de vídeo

Depois de seguires os passos acima, estarás no bom caminho para ganhar dinheiro com a automatização do YouTube.

Mas o nosso principal objetivo com este guia é ajudar-te:


Automatiza
as tuas tarefas para que gastes o mínimo de tempo possível com elas.

E quando entrares no mundo do YouTube, vais perceber rapidamente que a automação não é só robôs e IA.

Trata-se de Delegação Inteligente.

Basicamente, ter sucesso com canais do YouTube sem rosto pode significar que tens de delegar elementos específicos da tua criação de conteúdos a especialistas.

Pensa nisto como entregar as rédeas de tarefas de nicho como a edição de vídeo.

Ou publicar um trabalho no Upwork para subcontratar a administração do teu canal.

Ou contratar um freelancer no Fiverr para criar miniaturas apelativas.

Como iniciar a automatização do YouTube

Há uma série de Freelancers no Fiverr a quem podes subcontratar o teu trabalho.

Porquê?

Porque não se trata apenas de aumentar o crescimento do canal.

Trata-se de passar o mínimo de tempo possível no teu canal…

E continua a ganhar dinheiro!

Além disso, é melhor para a tua saúde mental.

Com a procura de conteúdos consistentes, muitos criadores estão à beira da exaustão.

Isto destrói a sua criatividade.

Mas, ao transferires certas responsabilidades, podes rejuvenescer essa chama.

Abre caminho para melhores conteúdos, carregamentos consistentes e uma trajetória exponencial do canal.

Estás pronto para experimentar?

Apresentamos-te as principais tarefas para a automatização do YouTube:

1. A arte da edição de vídeo

Os melhores nichos de automação do YouTube

Editar no painel de controlo do Final Cut Pro

No centro de todos os vídeos do YouTube está o processo meticuloso de transformar imagens em bruto num clip que possa ser visto.

É mais fácil falar do que fazer, certo?

Mas tens de te lembrar que não se trata de uma corrida de velocidade.

Cada minuto de vídeo polido pode exigir uma hora de edição cuidadosa.

Para os criadores que pretendem carregar vídeos de forma consistente, ou mesmo experimentar novos efeitos de edição, a automatização deste segmento torna-se uma medida estratégica.

Embora a IA na edição de vídeo tenha vindo a ser comentada, a tecnologia ainda está a dar os primeiros passos no que diz respeito à produção criativa genuína.

2. Criação de vídeos verticais

Aqui, aventuramo-nos no reino dos vídeos verticais – o reino dos YouTube Shorts, Instagram Reels e o viral TikTok.

Não te esqueças de consultar também o nosso Guia de curtas do YouTube sobre como criar e rentabilizar conteúdos curtos no YouTube.

Posteriormente, consulta o Guia do Instagram Reels para saberes como fazer o mesmo com o conteúdo do Reels no Instagram.

Se pretendes automatizar o conteúdo de vídeo numa única plataforma, porque não poupar tempo e recursos e criar seguidores no TikTok e no Instagram ao mesmo tempo?

A automatização do YouTube é real?

Podes usar os mesmos vídeos no Reels, no TikTok e no Shorts (e 3x a tua hipótese de se tornar viral)

Esta é a forma perfeita de redirecionar o teu conteúdo, alcançar um público mais vasto e criar uma base de fãs maior.

O melhor de tudo é que te dá mais oportunidades futuras de rentabilizar o teu conteúdo de vídeo.

Algumas pessoas compram seguidores no Instagram para terem uma vantagem.

3. Desenho de miniaturas

A porta de entrada de cada vídeo é a sua miniatura.

Ninguém vai clicar se a porta de entrada não chamar a atenção.

Por isso, aqui a personalização não é uma opção, mas uma necessidade.

No entanto, se o design gráfico não for o teu forte, criar essa miniatura magnética pode parecer como escalar o Evereste.

A solução? Automatiza.

Delega esta tarefa a designers gráficos ou a criadores de miniaturas especializados.

4. Gestão de canais

Para além da criação de conteúdos, existe o domínio meticuloso da manutenção dos canais.

Isto engloba todo o processo de automatização do YouTube:

  • Carregamentos de vídeo
  • Descrição do artesanato
  • Seleção de etiquetas
  • Supervisão analítica
  • Interação com o público.

Com a inundação de conteúdos, este aspeto pode rapidamente transformar-se num trabalho a tempo inteiro.

No entanto, manter o controlo sobre o desempenho do vídeo e criar laços com o público não é negociável.

Por isso, a solução contemporânea que muitos criadores adoptam é delegar a gestão dos canais a freelancers ou agências.

Tirar partido das ferramentas de automatização do YouTube

Um mergulho mais profundo na automação do YouTube revela um tesouro de ferramentas especializadas criadas para turbinar as tuas operações de conteúdo.

Predominantemente alojadas em plataformas de nuvem, muitas destas jóias ganham vida como aplicações ou como complementos para os teus browsers favoritos.

As suas capacidades abrangem um vasto espetro – desde a criação de miniaturas, a procura de tópicos até ao importantíssimo agendamento de vídeos.

Para os canais repletos de conteúdos, estas ferramentas são indispensáveis.

Considera a enormidade da tarefa de readaptar miniaturas para uma biblioteca de centenas de vídeos.

Embora o toque humano no design de miniaturas seja incomparável. O grande volume pode ser esmagador para os artistas.

Felizmente, há soluções.

É aqui que te apresentamos os pesos pesados da arena sem rosto do YouTube: VidIQ e TubeBuddy.

Curso de automatização do YouTube

VidIQ

O VidIQ é mais do que uma simples ferramenta.

Pensa nisto como o teu concierge de análise, SEO e marketing digital.

Não se trata apenas de relatórios – trata-se de conhecimentos.

Quer se trate de dissecar a saúde do teu canal, de identificar tópicos de tendência no teu domínio ou de descodificar o que os concorrentes estão a fazer, o VidIQ está a tratar disso.

Uma caraterística dourada?

As suas sugestões automáticas de palavras-chave garantem que as descrições e as etiquetas dos teus vídeos estão no ponto.

Automação do YouTube sem rosto

VidIQ no trabalho

TubeBuddy

Não se trata apenas de mais uma ferramenta no barracão. É como um canivete suíço para os YouTubers.

Estás de olho nos canais rivais?

Verifica.

Queres simplificar as operações do teu canal?

Podes crer.

Entre as funcionalidades dignas de nota está a capacidade de transformar o teu conteúdo em vídeos nativos do Facebook.

Ou o facto de poder identificar o melhor espaço de publicação com base nas preferências do teu público.

YouTube sem rosto

Melhores nichos para a automatização do YouTube

Muito bem, estás agora munido das ferramentas e dos passos para começar a automatizar o YouTube.

O que vais fazer a seguir?

Bem, tens de escolher o nicho certo.

O nicho que escolheres pode fazer com que o teu canal seja um sucesso ou um fracasso.

Não só define o estilo do teu conteúdo, como também abre caminho ao envolvimento do público e a potenciais ganhos.

A importância da seleção do nicho

Porque é que a escolha de um nicho é tão importante? Vamos lá ver o que se passa:

Retenção de audiências

Um nicho bem definido magnetiza os espectadores que se identificam com o conteúdo específico.

Assim que te sentires atraído, é provável que se tornem inscritos leais, voltando para obter mais daquilo de que gostam.

Por exemplo, um apaixonado por mistérios por resolver procurará continuamente canais que se aprofundem nesta área.

Monetização

Os publicitários valorizam a especificidade.

Um canal dedicado a, digamos, “Histórias de terror animadas”, atrairá anunciantes que vendem produtos relacionados, garantindo uma receita publicitária mais lucrativa.

Estabelecimento de autoridade

Quando produzes consistentemente conteúdo de alta qualidade num nicho, ao longo do tempo, o teu canal transforma-se no ponto de referência máximo nesse domínio.

O boca-a-boca, as partilhas e as recomendações podem gerar um tráfego orgânico substancial.

Por exemplo, o Vsauce – apesar de não ser um canal sem rosto – tornou-se uma autoridade no seu nicho por apresentar conceitos científicos de uma forma cativante.

Quais são os melhores nichos de automação do YouTube?

1. Curiosidades e factos

Ideias para canais do YouTube sem rosto

Canais como Did You Know? partilham pequenas curiosidades intrigantes e listas de top 10 que mantêm os espectadores agarrados.

A automatização faz maravilhas neste caso, uma vez que os factos podem ser apresentados visualmente através de diapositivos ou animações.

2. Histórias animadas

Narrativas animadas de experiências da vida real, encontros assustadores ou mesmo ficção ganham vida sem precisar de uma presença no ecrã.

Canais como o Storybooth destacam-se aqui, transformando histórias pessoais em animações.

3. Relaxamento e meditação

Canais como o Meditative Mind ganharam imensa popularidade com as suas meditações guiadas e música relaxante.

Os seus loops visuais automatizados combinados com áudio calmante criam um ambiente tranquilo para meditação, relaxamento ou para dormir.

4. Conteúdo educativo

Vídeos educativos animados simplificam temas complexos.

Considera o sucesso de Kurzgesagt – In a Nutshell, que aborda a ciência, a história e muito mais através de animações cativantes.

5. Crime, mistério e casos não resolvidos

Ahhh, o fascínio do desconhecido!

Canais como o BuzzFeed Unsolved oferecem-te mergulhos profundos em casos reais por resolver.

Embora o seu formato não seja totalmente automatizado, o nicho é propício para conteúdos narrativos automatizados com imagens de acompanhamento.

6. Visitas virtuais

Traz o mundo para o ecrã dos telespectadores.

Com a abundância de material de arquivo disponível, os canais podem transportar virtualmente os telespectadores para locais hipnotizantes, sejam eles as profundezas da Amazónia ou as ruínas de civilizações antigas.

7. Fazes bricolage

O nicho da bricolage sempre foi muito popular.

Os canais de automatização podem explorar este facto, utilizando gráficos e animações para elucidar um procedimento.

Pensa em canais como o 5-Minute Crafts, que, embora não seja totalmente automatizado, mostra o potencial do nicho DIY.

E sim, eles acumularam mais de 80 milhões de inscritos neste nicho.

Como fazer vídeos do YouTube sem rosto

8. Motivação e inspiração

Os discursos motivacionais com um pano de fundo de imagens ou animações atraentes podem inspirar muitas pessoas.

Os canais neste domínio podem apresentar discursos famosos, histórias de sucesso ou mesmo conteúdos de autoajuda, concebidos para elevar e motivar o espetador.

Então, com todas estas opções, como é que escolhes uma?

O nicho perfeito é aquele que se identifica contigo e que tem um público ávido de conteúdos.

Com a automatização, podes fornecer consistentemente vídeos de alta qualidade, tornando o teu canal um elemento básico na dieta do YouTube dos espectadores.

Aprofunda a automatização do YouTube: Estatísticas e possibilidades de ganhos

Para determinar o verdadeiro potencial por detrás dos canais do YouTube sem rosto, vamos analisar algumas estatísticas convincentes de 2023 sobre a plataforma do YouTube.


Statista
revela que 2,5 mil milhões de pessoas em todo o mundo são utilizadores activos do YouTube.

Para teres uma ideia, com a população mundial a ultrapassar recentemente os 8 mil milhões de pessoas, mais de um quarto são aficionados do YouTube.


As projecções da Oberlo
As projecções da Oberlo são ainda mais impressionantes, prevendo que a base de utilizadores aumente para 2,9 mil milhões até 2025.

O YouTube não está apenas a sobreviver; está a prosperar.

Se olharmos para os EUA, o envolvimento diário situa-se nos 62%, com uns impressionantes 98% a fazerem o check-in mensalmente.

A tração que o YouTube acumulou é inegável.

Do ponto de vista financeiro, a atração do YouTube pelos anunciantes é magnética.

As receitas passaram de 19,7 mil milhões de dólares em 2020 para 28,8 mil milhões de dólares em 2021.

Os aspirantes a criadores do YouTube podem aproveitar esta mina de ouro incorporando anúncios no seu conteúdo.

Embora o YouTube possa não dominar todo o cenário das redes sociais, conquista uma parte substancial.

O entusiasta médio das redes sociais dedica 19 minutos diários ao YouTube, de um total de 2 horas e 27 minutos de consumo diário.

Quanto dinheiro podes ganhar com a automatização do YouTube?

Embora o estrelato no YouTube continue a ser difícil para muitos, há histórias de sucesso.

Canais baseados em automação, como BrightSide e Economics Explained, arrecadam milhões anualmente.

Se te aventurares neste domínio com um nicho específico, um CPM impressionante e uma base de inscritos em crescimento, podes facilmente ganhar mais de 1000 dólares por mês.

Dica para iniciados: Alguma vez encontraste um canal do YouTube e te perguntaste sobre os seus ganhos?

A ferramenta de análise Social Blade pode dar-te um valor aproximado se introduzires o nome do canal.

Avenidas de monetização com a automatização do YouTube

Como ganhar com a automatização do YouTube

Opções de monetização no YouTube

1. Receitas de anúncios

Em primeiro lugar, a maioria dos canais apoia-se no Programa de Parceiros do YouTube, permitindo que os anúncios do AdSense adornem o seu conteúdo.

Mas lembra-te, existem requisitos para seres pago no YouTube.

Para vídeos de formato longo, precisas de:

  • 1.000 inscritos
  • 4.000 horas de vigilância durante 12 meses.

Para o YouTube Shorts, precisas de:

  • 1000 inscritos
  • 10.000.000 de visualizações em 90 dias.

Precisas de mais inscritos?

Pretendes impulsionar o teu canal do YouTube para a ribalta da monetização? A FreewaySocial é o melhor lugar para comprar inscritos autênticos do YouTube e horas de visualização, garantindo que cumpres os requisitos de pagamento do YouTube.

2. Marketing de afiliados

Incorpora promoções de produtos de afiliados no teu conteúdo e anexa links de afiliados às tuas descrições.

Plataformas como a ClickBank ou a CJ Affiliate podem ser o teu ponto de partida para ofertas de afiliados.

3. Colaborações com marcas

Incorpora conteúdo patrocinado nos teus vídeos.

De acordo com o Marketing Amateur, os patrocinadores pagam geralmente entre 10 e 50 dólares por cada 1.000 visualizações de vídeo.

4. Associações exclusivas

Nem todo o rendimento do teu canal tem de vir do YouTube.

De facto, plataformas como o Patreon podem ser fundamentais para fornecer conteúdos exclusivos a inscritos premium.

Automação do YouTube 3

Painel de controlo do Patreon em ação

5. Vendas de mercadorias

O branding não é apenas para os gigantes da distribuição.

Um canal do YouTube pode aventurar-se em mercadorias.

Sites como o Printify oferecem serviços de impressão a pedido, permitindo-te rentabilizar e melhorar a visibilidade da marca.

6. Promoções de serviços

Se tiveres um serviço único, o teu canal do YouTube pode ser o seu porta-voz. Por exemplo, uma agência de viagens pode utilizar um canal de automatização com uma temática de viagens como braço de marketing.

Quanto é que podes ganhar de forma realista?

Esta é a pergunta de um milhão de dólares (ou talvez mais?).

Não se trata apenas de visualizações, mas o envolvimento, o nicho e até a geografia desempenham um papel importante.

Um nicho com grande procura de anunciantes pode render-te mais por visualização do que um tópico mais geral.

Histórias de sucesso na vida real:


  • O lado positivo:
    Um modelo de automação, este canal dominou a arte de envolver o conteúdo e colhe os frutos financeiros. Recompensas de milhões de dólares por ano, de facto…

  • Kurzgesagt – Em poucas palavras:
    A sua mistura única de temas profundos com animações peculiares não só lhes valeu milhões de fãs, como também receitas impressionantes de mais de 100.000 dólares por mês.

  • ChilledCow (agora Lofi Girl):
    Ao fazeres um looping de áudios calmantes, encontraram uma fórmula que atrai as massas, provando que, por vezes, a simplicidade é a chave. Especialmente quando te rende 1.200.000 dólares por ano…

  • Valnet, Inc:
    Este jogo de automatização não se destina apenas a empreendimentos individuais. Vê a Valnet Inc. Eles dominam a arte do negócio de automação do YouTube. São donos de canais poderosos como The Richest e Screen Rant. Ao diversificarem os canais, transformaram vários nichos em fluxos de receitas consistentes, provando que este modelo, quando bem feito, pode mudar o jogo.

  • Animal Wised:
    Um canal que produz conteúdo sem rosto sobre tudo o que tem a ver com animais. Oh, e os seus ganhos actuais por mês? $7,000+.

O que é a automatização do YouTube 2

Canal do Kurzgesagt – olha para aquelas vistas…

O investimento: Custos associados à automatização do YouTube

O dinheiro fala, e é essencial saber para onde vai o teu quando começas o teu canal sem rosto no YouTube.

Não importa o quanto ganhas no YouTube se os teus custos forem superiores aos teus ganhos.

Custos iniciais vs. custos contínuos:

  • Custos iniciais: Tal como acontece com a instalação de uma nova casa, há investimentos iniciais. Dependendo das tuas escolhas, este valor pode ir de uns trocos a um mês de renda. Escolhas que afectam este custo:
    • Computador
    • Microfone
    • Software
  • Custos contínuos: Estes são os custos que pagas numa base regular ou anual. É como pagar uma renda pelas ferramentas que ajudam a tornar o teu canal um sucesso. Custos como:
    • Assinaturas de software
    • Custos de um freelancer

Formas de fazer um orçamento e poupar dinheiro:

  • Ferramentas de código aberto: Por vezes, as melhores coisas da vida são gratuitas. Ferramentas como o Blender ou o Shotcut não custam um cêntimo e, no entanto, oferecem um valor tremendo.
  • Ofertas a granel: A sexta-feira negra, a segunda-feira cibernética ou os saldos anuais podem ser alturas em que podes conseguir ofertas de arrasar.
  • DIY: Em vez de subcontratares tudo, podes fazer algumas tarefas DIY? Não só poupa dinheiro, como também dá um toque pessoal.

4 armadilhas mortais da automação do YouTube: Como evitá-las

Agora, já falámos sobre o que precisas de fazer para criar um canal de YouTube automatizado e rentável.

Mas, e as coisas que tens de evitar a todo o custo?

Olha para elas agora.

1. O passo em falso do nicho

Começa com um estrondo no domínio digital, mas é aqui que muitos tropeçam: escolher o nicho certo .

Imagina o YouTube como um mercado movimentado.

Nesta multidão, há umas impressionantes 500 horas de conteúdo a cada minuto!

Não se trata apenas de escolher um espaço menos concorrido, mas também de fazer zoom nas zonas douradas onde os anunciantes estão a gastar muito dinheiro.

Pensa em tecnologia, finanças ou qualquer outro espaço onde as carteiras das pessoas estejam bem abertas.

Não se trata apenas de evitar a forte concorrência; trata-se de desbloquear o potencial de receitas.

2. Apostar no guru errado

Ouviste os sussurros de ” Easy YouTube Riches“?

É tentador deixar-se seduzir por cursos que te prometem a lua.

Alguns cursos, como revela o New York Times, chegam a custar 20.000 dólares!

Mas há uma coisa: nem tudo o que reluz é ouro.

Apesar de os cursos genuínos do YouTube poderem ser o teu roteiro para o sucesso, é fundamental filtrar o ruído.

Leva o tempo que for preciso, aprofunda e investe com sabedoria.

O mentor que escolhes pode ser um divisor de águas.

3. Poupa no talento

Qual é o coração do teu canal do YouTube?

A equipa que elabora o teu conteúdo.

Mas uma armadilha comum em que muitos caem é a de poupar tostões ao construir esta equipa.

O resultado?

Conteúdo medíocre que se perde no oceano do YouTube.

Faz um orçamento sensato – dá prioridade ao talento.

Um bom conteúdo não só ressoa como reina.

4. O erro da saída antecipada

Pensa no crescimento do YouTube como uma maratona, não como uma corrida de velocidade.

Estás preparado para algumas estatísticas preocupantes?

Normalmente, são precisos 15,5 meses e 164 vídeos para ultrapassares a marca dos 1.000 inscritos…

Deixa de lado a ideia de ganhar dinheiro rápido.

Faz isso a longo prazo.

Publica conteúdo de qualidade de forma consistente e o algoritmo do YouTube não se limitará a acenar com a cabeça; amplificará a tua voz.

No entanto, se estás à procura de um impulso acelerado para atingir esses marcos cruciais, há uma estratégia: FreewaySocial.

Estes serviços ajudam-te a garantir inscritos genuínos e horas de vigilância.

Isto garante que não só satisfazes os critérios de monetização do YouTube, como também crias uma base sólida para o crescimento orgânico.

Com os parceiros certos, podes tomar alguns atalhos na tua maratona.

A grande questão: A automatização do YouTube vale a pena?

No que diz respeito à automatização do YouTube, as opiniões variam, mas uma coisa é certa: o seu atrativo é inegável .

A beleza da automatização é a sua capacidade de trazer consistência ao teu canal.

O algoritmo do YouTube tem uma certa predileção por canais que são actualizados regularmente, e a automatização garante que cumpre este critério sem falhas.

Por outro lado, poupa tempo ao reduzir o trabalho manual, o que é um grande alívio para muitos criadores.

Mas com o fascínio da escalabilidade, surgem alguns inconvenientes.

Por um lado, os conteúdos automatizados podem nem sempre ser do agrado de todos os espectadores.

Há um certo encanto no toque pessoal do conteúdo feito de raiz que a automatização pode por vezes perder.

Além disso, mergulhar na automação requer um investimento inicial, seja em software, ferramentas ou mesmo no processo de contratação.

E, tal como qualquer ferramenta, há um risco.

Estar demasiado dependente da automatização pode tornar o teu canal vulnerável a alterações do algoritmo ou a mudanças nas regras da plataforma.

Um equívoco comum sobre a automação do YouTube é que se trata de uma abordagem do tipo ” definir e esquecer “.

No entanto, embora a automatização faça maravilhas ao simplificar as tarefas, os canais de sucesso têm sempre um supervisor diligente, que garante que tudo corre bem.

Verdadeiro ou mito: desmascarar os equívocos sobre a automatização do YouTube

Então, já ouviste os rumores: A automatização do YouTube é mesmo legítima?

Deixa-me esclarecer as coisas: é.

Se for feita de forma correcta e ética, respeitando as directrizes do YouTube, a automatização é uma ferramenta poderosa para aumentar a eficiência do teu canal.

Mas os mitos são muitos.

Há quem defenda que os canais automatizados não têm alma e coração.

Na realidade, a automatização é apenas uma ferramenta.

A autenticidade e a qualidade continuam a depender muito do criador.

Depois, há o mito de que o YouTube não é fã de canais automatizados.

O que se passa é o seguinte: o YouTube adora consistência e envolvimento.

Se conseguires fazer isso, seja manualmente ou com a ajuda de ferramentas de automatização, o algoritmo da plataforma fica mais do que satisfeito.

O que queres dizer com isso?

A automatização é uma ferramenta do kit do criador do YouTube.

O que conta é a forma como o utilizas.

Perguntas frequentes (FAQs)

Ainda tens dúvidas sobre a automatização do YouTube?

Não se preocupe! Nós temos as respostas.

Recolhemos todas as perguntas frequentes que recebemos de novos criadores e respondemo-las abaixo:

O que é exatamente a automatização do YouTube?

É o processo de utilização de ferramentas, software e estratégias para simplificar vários aspectos da criação, otimização e gestão de conteúdos no YouTube.

O que é a automatização sem rosto do YouTube?

A automatização do YouTube sem rosto refere-se à criação e gestão de um canal do YouTube sem mostrar o rosto do criador, utilizando frequentemente processos automatizados para simplificar a criação e gestão de conteúdos.

Como é que posso fazer vídeos do YouTube sem rosto?

Para criar vídeos sem rosto, utiliza imagens de arquivo, animações, locuções ou gravações de ecrã. Combina-os com guiões cativantes e áudio de qualidade para obteres um conteúdo eficaz.

Como posso automatizar o YouTube?

Podes fazê-lo utilizando várias ferramentas, como software de criação de vídeo, plataformas de programação e ferramentas analíticas. O planeamento sistemático e a automatização de tarefas repetitivas podem aumentar a eficiência.

Podes sugerir algumas ideias de canais de automatização do YouTube?

Considera tópicos como Listas dos 10 melhores, Guias de instruções, histórias animadas, conteúdo de estilo documental ou vídeos de compilação.

Quanto tempo demora a ver resultados com os canais do YouTube sem rosto?

O tempo que demora a ver resultados varia, dependendo de factores como o nicho, a qualidade do conteúdo, a consistência e os esforços promocionais. Em média, pode levar alguns meses a um ano para ganhares força substancial. A paciência e a persistência são fundamentais.

Posso misturar conteúdo automatizado com conteúdo original?

Sim, podes misturar conteúdo automatizado com conteúdo original. De facto, pode ser uma forma estratégica de manter a consistência e, ao mesmo tempo, dar um toque pessoal. É crucial, no entanto, garantir que ambos os tipos mantêm uma qualidade e relevância semelhantes para o teu público.

Existe o risco de seres banido com a Automatização do YouTube?

O YouTube tem directrizes rigorosas para a comunidade e o conteúdo. Embora a automatização em si não constitua uma violação, tens de evitar práticas como conteúdo de spam, reenvio de conteúdo protegido por direitos de autor ou utilização de tácticas enganosas. Respeitar os termos de serviço do YouTube é essencial para evitar proibições.

Como é que escolho as ferramentas certas para a automatização do YouTube?

Para selecionar as ferramentas certas, é necessário conhecer os teus objectivos, orçamento e tipo de conteúdo. Ler críticas, obter referências e experimentar versões gratuitas ou demos pode ajudar-te a fazer uma escolha informada.

Quais são as armadilhas comuns a evitar na automatização do YouTube?

Evita conteúdos genéricos e de baixa qualidade e abstém-te de violar os direitos de autor. É também crucial interagir regularmente com o teu público e monitorizar o desempenho do canal para se adaptar e evoluir.

Como é que posso promover eficazmente o meu conteúdo automatizado do YouTube?

Uma promoção eficaz inclui a partilha nas redes sociais, a colaboração com outros criadores, a utilização de SEO para os títulos, descrições e etiquetas dos vídeos e o envolvimento em comunidades ou fóruns específicos de um nicho. Algumas pessoas também compram gostos no YouTube para promover o seu conteúdo.

Existe uma frequência ideal para publicar conteúdo automatizado no YouTube?

A consistência é mais importante do que a frequência. Quer seja uma vez por semana ou três vezes por semana, manter um horário regular ajuda a criar expectativas e confiança no público.

A automatização do YouTube é real?

Sim, é uma estratégia legítima que muitos criadores utilizam para otimizar os seus processos de criação e gestão de conteúdos.

Vale a pena perseguir a automatização do YouTube?

Se executada corretamente, pode ser benéfica, maximizando a eficiência e permitindo a concentração em estratégias de crescimento e rentabilização.

Como posso iniciar um canal automatizado no Youtube?

Começa com uma pesquisa de mercado, escolhe um nicho viável, investe em equipamento e software essenciais e mantém uma estratégia de conteúdo consistente.

Como é que posso rentabilizar através da Automatização do YouTube?

As formas de rentabilização incluem anúncios, marketing de afiliados, patrocínios ou venda de produtos e cursos. À medida que a audiência aumenta, também aumentam as oportunidades de receitas.

Como funciona um negócio de automatização do YouTube?

Uma empresa de automatização do YouTube utiliza ferramentas e software para criar, gerir e otimizar conteúdos, com o objetivo de aumentar as visualizações e as oportunidades de rentabilização.

Considerações finais sobre a automatização do YouTube

Navegar no mundo da automatização do YouTube pode parecer que és um rato preso num labirinto.

Mas, tal como já analisámos em conjunto, este empreendimento pode ser uma mina de ouro lucrativa quando abordado corretamente.

Analisámos o seu valor, delineámos passos claros para lançar um canal automatizado, destacámos os potenciais benefícios e até alertámos para as armadilhas comuns.

Agora, é a tua vez de dar o salto e começar a construir o teu negócio de automatização do YouTube.

P.S. Estás pronto para dar o pontapé de saída para o teu sucesso no YouTube?

Não esperes que o algoritmo repare em ti.

Acelera a tua jornada de monetização, assegurando inscritos genuínos e horas de visualização.

Não se trata apenas de atingir os limites mais rapidamente – trata-se de estabelecer uma presença poderosa desde o primeiro dia.

Começa hoje o teu percurso de automatização do YouTube com uma vantagem!

Agora gostaria de ouvir-te:

Em que nicho gostarias de criar um canal de automatização no YouTube?

Ou talvez me tenha escapado alguma coisa.

De qualquer forma, deixa-me saber deixando um comentário abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho de compras
Rolar para cima