7 dicas para construir uma melhor presença nas redes sociais

7 Tips For Building A Better Social Media Presence

Se passares algum tempo na página oficial de uma empresa no Twitter, é provável que encontres alguém a comentar: “Silêncio, marca!” – normalmente em resposta a uma piada que não deu em nada, ou a um conteúdo que simplesmente não acertou no alvo. É uma frase nascida das tentativas erradas do mundo empresarial de se alinhar com a cultura dos memes da Internet; uma prática que se assemelha, demasiadas vezes, a um pai fora de sintonia que repete desajeitadamente o calão que ouviu do seu filho adolescente. Quer se trate da frase do Burger King “o lugar das mulheres é na cozinha” ou da agora infame incursão da Pepsi no ativismo, o público consegue cheirar a inautenticidade a uma milha de distância.

Quando se trata de criar uma presença nas redes sociais para a tua empresa, há muitos princípios a seguir. Se queres evitar o tipo de momentos de desconforto que muitas outras marcas criaram, a autenticidade é fundamental, mas esta é apenas uma das tuas preocupações. Para navegar nas águas agitadas de plataformas como o Facebook, o Instagram e o Twitter, terás de fazer um bom jogo.

Com isto em mente, vamos mergulhar em 7 das nossas principais dicas para gerir a presença da tua marca nas redes sociais.

Dica 1: Adota a autenticidade, não a imitação

Numa paisagem inundada de tendências e imitações, a estrela-guia que deve guiar o barco da tua marca é a autenticidade. É tão tentador aproveitar a onda da última sensação viral ou imitar o estilo de um concorrente, mas neste vasto mar de conteúdo, a genuinidade reina suprema.

Como já referimos, um utilizador que percorra o seu feed social consegue detetar uma voz genuína a uma milha de distância. São instintivamente atraídos por conteúdos que parecem reais, relacionáveis e imbuídos de um toque humano. Para isso, a tua marca deve concentrar-se em partilhar os aspectos crus e sinceros que a tornam única.

Abre a cortina para o teu público – revela os momentos de bastidores, amplia as histórias dos empregados e mostra instâncias sinceras. Ao alinhar o teu conteúdo com os valores fundamentais e a identidade da tua marca, crias uma ligação profunda com o teu público que não pode ser igualada.

Faças o que fizeres, não tentes aderir a uma tendência que não compreendes bem – isso é um bilhete de ida para a cidade do estupor. Em vez disso, concentra-te em mostrar a personalidade da tua marca e em interagir com os teus seguidores.

Dica 2: Domina a arte da consistência

O molho secreto para alcançar o sucesso no domínio das redes sociais é a consistência. Tal como a beleza de uma sinfonia reside no seu arranjo harmonioso, a presença da tua marca em várias plataformas prospera ao ritmo da coesão.

A consistência vai além da mera frequência; penetra na própria essência da voz e do tom da tua marca. Imagina um calendário de conteúdos bem orquestrado , que define as tuas publicações com bastante antecedência. Esta estratégia garante um fluxo constante de conteúdo que capta a atenção do teu público e o faz voltar para mais.

Pensa nisso como um programa de televisão cativante que vai para o ar dentro do horário – a tua consistência torna-se o íman que atrai a expetativa e cultiva a lealdade.

Dica 3: Envolve-te, não difundas

Visualiza-te a entrar numa festa animada e a lançares-te imediatamente num monólogo sobre as tuas conquistas, sem parares para interagir com os outros. Não ganharias nenhum amigo com essa abordagem, pois não? A história é a mesma nas redes sociais. Todas as conversas têm de ser bidireccionais. Cada lado precisa de contribuir.

O envolvimento não é apenas uma frase de efeito; é o batimento cardíaco da tua presença social. As interacções autênticas são fundamentais – responde aos comentários, oferece respostas perspicazes às perguntas e reconhece abertamente o feedback. Aumenta o quociente de interatividade com sondagens, questionários e conteúdos interactivos que estimulam as conversas.

É claro que, quando a tua página começar a ganhar força, podes achar difícil manter todo o trabalho extra. Se isto acontecer contigo, podes considerar a contratação de um gestor de redes sociais dedicado – ele tratará da criação de conteúdos e responderá a quaisquer perguntas ou questões em teu nome.

No entanto, se ainda não tens o orçamento para criar uma nova equipa, uma opção mais económica é utilizar um CRM com um chatbot integrado. Por exemplo, o Crisp (uma das principais alternativas ao Zendesk) permite-te centralizar e unificar todos os teus canais de comunicação e enviar respostas automáticas através do chatbot do Messenger.

Dica 4: Adapta o conteúdo a cada plataforma

Tal como não usarias um smoking para uma festa na praia, o mesmo princípio aplica-se à elaboração de conteúdos para diferentes plataformas de redes sociais. Cada plataforma tem a sua própria cultura e expectativas do público, e o teu conteúdo deve ser harmonioso com estas nuances.

Em plataformas orientadas para o visual, como o Instagram, o teu foco deve ser a criação de imagens visualmente apelativas e histórias cativantes – é uma plataforma criada para mostrar o teu produto da melhor forma possível. Também podes utilizar a função “Histórias” da plataforma como uma galeria dos bastidores. No LinkedIn, o foco do conteúdo muda para artigos perspicazes sobre a indústria e actualizações profissionais – estás lá para demonstrar a experiência por detrás da marca, não o produto em si.

Ao adaptares o teu conteúdo desta forma, demonstras o teu respeito pela personalidade distinta de cada plataforma e mostras a tua compreensão das preferências do teu público.

Dica 5: Dá prioridade à qualidade em detrimento da quantidade

O caminho para o sucesso nas redes sociais é uma maratona, não uma corrida de velocidade. Não se trata de quem consegue inundar os feeds dos seus seguidores com o maior número de publicações; trata-se de quem consegue oferecer o maior valor através de conteúdos excepcionais.

O teu tempo é um investimento na criação de gráficos visualmente deslumbrantes (utilizando o Photoshop ou uma solução mais fácil de utilizar para principiantes, como o Canva), legendas meticulosamente redigidas e conteúdos que despertam o interesse intelectual. É o conteúdo de alta qualidade que ressoa profundamente, encontra o seu caminho para as partilhas e grava uma memória indelével na mente do teu público. Em vez de te esforçares por saturar os feeds, o teu objetivo é elevá-los.

No entanto, há uma pequena ressalva: embora a quantidade venha em segundo lugar em relação à qualidade, a frequência é importante. Todas as plataformas de redes sociais são, até certo ponto, controladas por um algoritmo, e estes algoritmos avaliam o teu conteúdo com base numa vasta gama de métricas, uma das quais é o grau de atividade da tua conta.

E, embora não se saiba ao certo o grau de rigor com que cada plataforma avalia a tua conta (cada plataforma mantém a sua fórmula secreta, bem, um segredo bem guardado), é geralmente aceite que o TikTok é particularmente severo com as contas que não publicam vídeos pelo menos uma vez por dia. Assim, para obter o maior impacto, publica regularmente conteúdos de qualidade – trata as tuas contas nas redes sociais como canais de televisão e cumpre a tua agenda. Algumas pessoas também compram seguidores do TikTok para ter uma melhor presença nas redes sociais.

Dica 6: Analisa e adapta-te

Imagina que olhas para um espelho – um espelho que reflecte o teu percurso nas redes sociais. Olhar para ele sem reflexão não te vai fazer avançar. A recolha regular de informações a partir das métricas de desempenho – gostos, partilhas, comentários e taxas de cliques – alimenta a tua compreensão do que é eficaz e do que não é.

Imagina estas métricas como a bússola que orienta o teu navio. As ferramentas analíticas fornecem um mapa do tesouro que revela jóias escondidas de conhecimento. A adaptabilidade é a vela do teu navio; permite-te aproveitar estes conhecimentos, recalibrar a tua estratégia e orientar a tua marca para a relevância.

Se as publicações baseadas no humor geram mais envolvimento, insere mais humor. Se certos temas ressoarem profundamente, aprofunda-os. A essência de te manteres pertinente reside na tua flexibilidade e na tua vontade de evoluir.

Dica 7: Aproveita o poder dos influenciadores

Entra no reino das redes sociais e encontrarás os influenciadores como as celebridades dos tempos modernos. Imagina isto: uma parceria forjada entre a tua marca e influenciadores que espelham os teus valores fundamentais. Esta relação simbiótica oferece-te um bilhete dourado para um público mais vasto e mais empenhado.

Lembra-te, não se trata apenas do número de seguidores que um influenciador tem; o que realmente importa é a autenticidade e o alinhamento com a tua marca. Esta colaboração não é apenas uma transação; é a infusão de confiança e autenticidade na tua marca. O apoio de um influenciador desperta a curiosidade pelos teus produtos ou serviços, podendo desencadear um incêndio de interesse.

Trabalhar com influenciadores é o epítome da frase “qualidade em vez de quantidade”, em que a relevância e a autenticidade dominam o dia. Dito isto, se queres atrair a atenção dos influenciadores, precisas de um número significativo de seguidores. Felizmente, é aqui que podemos ajudar – com o nosso serviço, podes comprar seguidores em qualquer uma das principais plataformas por apenas 2,99 dólares.

Ao abraçar a autenticidade, a consistência, o conteúdo personalizado e o envolvimento significativo, a tua marca pode florescer no cenário em constante evolução das redes sociais. Por isso, deixa a voz da tua marca brilhar, cria ligações e vê a tua presença nas redes sociais elevar o teu negócio a novos patamares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho de compras
Rolar para cima